Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Brinquedos com influência Montijense viajam pelo Mundo

Brinquedo site 1 1024 2500
2018/09/27

Helder Máximo Esdras Martins, montijense, levou os brinquedos tradicionais portugueses à "Festa das Artes" em Buenos Aires - Argentina, em que participaram doze países.

O evento “Festas das Artes” decorreu de 24 de agosto a 3 de setembro a que se seguiu-se uma extensão a Córdova de 4 a 8 de setembro. A representação das cores lusas, através de Helder Martins revestiu-se de especial interesse por este ser um país com uma significativa comunidade portuguesa a qual garante lhe dispensou um carinho especial.

Helder Máximo Martins começou muito cedo a sua coleção de brinquedos. Tem mais de 10.000 peças. As mais antigas remontam ao sec. XIX.

Em junho último, Helder Martins, já tinha participado no “VIII Encontro Brinquedos do Mundo Árabe", em Tanger - Marrocos, no qual foi distinguido, com diploma de honra pelo trabalho apresentado sobre o brinquedo de folha no pós-guerra, (influência da indústria de chacinaria, na sua produção). O mesmo trabalho já lhe tinha valido um diploma de Honra em Marrocos, assim como, uma distinção, em março de 2017, na Galeria Real em Londres.

Um trabalho, entre outros brinquedos portugueses, sobre a “boneca caramela” com origens nas freguesias de Atalaia e Alto Estanqueira levou Montijo a Pequim, numa mostra, em que esteve presente em setembro do ano transato.

Recorde-se que está patente até 30 de setembro, no Museu Municipal Casa Mora a exposição “A Lata Vira Brinquedo”. A mostra dá a conhecer que o Montijo esteve diretamente ligado à produção nacional de brinquedos de folha.

Alguns dos brinquedos produzidos com material proveniente do nosso concelho têm estampada uma nota com os nomes das indústrias montijenses provisoras.

Brinquedo 1 1 1024 2500
Brinquedo 2 1 1024 2500

Município do Montijo © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo w3camrs logotipologotipo wiremaze