Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Exposição “Reencontros: 20 anos: 1999-2019”

Reencontros 20 anos site 1 1024 2500
2019/11/26

A comemorar 20 anos, a Galeria Municipal do Montijo apresenta a exposição de pintura “Reencontros: 20 anos: 1999-2019”, que reúne cinco dos mais distintos artistas plásticos do século XX em Portugal: Marcelino Vespeira, Fernando de Azevedo, João Vieira, Nikias Skapinakis e Rolando Sá Nogueira. 

A exposição “Reencontros” é uma evocação do percurso histórico deste espaço municipal, voltando a trazer à galeria cinco figuras fulcrais da nossa História da Arte, que fizeram parte deste percurso de 20 anos, tendo sindo homenageados por ocasião do Prémio Vespeira – Cidade do Montijo.

Nikias Skapinakis frequentou o curso de Arquitetura, que abandonou para se dedicar à pintura, atividade que manteve regularmente até aos dias de hoje. Em 2005, foi-lhe atribuído o Grande Prémio Amadeo de Souza-Cardoso. Em 2006, recebe o 1.º Prémio do Casino da Póvoa de Varzim e em 2013, a Sociedade Portuguesa de Autores atribui-lhe o Prémio de Artes Visuais. Tem publicados textos de intervenção crítica em diversos jornais e revistas. Vive e trabalha em Lisboa.

Fernando de Azevedo (1923-2002) fez a sua formação artística na Escola de Artes Decorativas de António Arroio (1935–1940) e frequentou o curso de Pintura da Escola de Belas-Artes de Lisboa que cedo abandona. Recebeu entre vários prémios, o Grande Prémio Amadeo Souza-Cardoso, em 1999. Realizou também atividade como cenógrafo e ilustrador. Foi diretor do serviço de Belas-Artes da Fundação Calouste Gulbenkian, presidente da Cooperativa de Gravadores Portugueses «Gravura», Vice-Presidente da Association Internationale des Critiques d’Art (AICA) e Presidente da Secção Portuguesa, Diretor Artístico da revista Colóquio Arte e presidente da Sociedade Nacional de Belas Artes, desde 1979 até 2002.

João Vieira (1934-2009) estudou Pintura na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa (1951-1953), deixando o curso incompleto, insatisfeito com o academismo e conservadorismo do ensino artístico. Representa Portugal na Bienal de Veneza de 1980 e recebe postumamente o Grande Prémio Amadeo de Souza-Cardoso.

Marcelino Vespeira (1925-2002) Entre 1937 e 1942 estudou na Escola de Artes Decorativas António Arroio, ano em que se matrícula no curso de Arquitetura da Escola de Belas-Artes, que abandonará no primeiro ano. Dedica-se às artes gráficas e à decoração, trabalhando para o ETP (Estúdio Técnico de Publicidade), destacando-se o seu trabalho para as capas de livros da editora Ulisseia (1957–1960), e o seu papel como diretor gráfico da revista Colóquio (1962–1966). Teve um papel destacado nas ações que se seguiram ao 25 de Abril, integrando a Comissão Central de Dinamização Cultural e Ação Cívica do MFA.

Sá Nogueira (1921-2002) estudou Pintura na Escola de Belas-Artes da capital, expondo pela primeira vez em 1947, na II Exposição Geral de Artes Plásticas. Para além de pintor, Rolando Sá Nogueira foi também professor na Escola de Belas-Artes do Porto e na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, tendo realizado numerosos trabalhos no âmbito do design (na conceção de tapeçarias, vitrais e azulejos), da cenografia, da ilustração e da gravura.

A Galeria Municipal do Montijo, espaço incontornável da cultura na nossa cidade, comemora 20 anos de atividade no próximo dia 18 de dezembro. Para comemorar esta data, tão significativa foi preparado um ciclo de exposições coletivas que irá até abril de 2020.

A exposição “Reencontros” está patente até 11 de janeiro de 2020, de segunda-feira a sábado das 9h00 às 12h30 e das 14h00-17h30.

Não perca a oportunidade de reencontrar estes cinco grandes pintores portugueses!

Município do Montijo © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo w3camrs logotipologotipo wiremaze